Blog do Tanlup

23
Aug2013

Como fazer: Câmera Pinhole com caixa de fósforo

Para finalizar a Semana do Dia Mundial da Fotografia com chave de ouro, preparamos um passo a passo muito bacana: vamos te ensinar a criar sua própria câmera pinhole.

Como o nome sugere, a câmera pinhole consiste em uma câmara escura por onde passa luz apenas por um pequenino orifício (hole) produzido pela ponta de um alfinete (pin), que faz as vezes da lente.

Neste DIY, utilizamos a caixinha de fósforo, que encaixa com o filme 35mm, mas pode ser feita com lata de alumínio como caixa escura, utilizando papel fotossensível, dentre outros materiais.

 Material necessário:

  • Uma caixa de fósforo vazia
  • Um novo rolo de filme 35mm (qualquer asa, mas a 400 é a mais versátil)
  • Um rolo vazio de filme 35mm com 1 cm de filme para fora (pergunte nos laboratórios de foto, eles podem ter algum)
  • Um cartão fino (a caixinha onde veio o filme serve)
  • Uma lata de alumínio vazia e limpa
  • Fita isolante preta
  • Uma agulha de costura fina ou um alfinete
  • Tesoura
  • Estilete
  • Uma canetinha preta

Remova a parte de dentro da caixa de fósforo. Marque um quadrado de 24mm exatamente no centro da caixa. Se você quiser fotos num formato padronizado, marque um retângulo de 36 X24 mm. Cuidadosamente, recorte a forma do frame com um estilete ou tesoura, mantendo as bordas o mais reto possível. Qualquer aresta do papel pode aparecer em volta de cada foto, o que pode ser interessante também.

Para reduzir reflexos internos na câmera, pinte a parte interna da “bandeja” da caixa de fósforo com uma caneta preta. Tente pintar dentro da “capa” da caixa de fósforo também.

Exatamente no centro da “capa” da caixa de fósforo, marque um quadrado de 6mm e, cuidadosamente, corte este quadrado, mantendo as bordas retas e evitando fibras sobressalentes que podem escurecer a imagem nas laterais. (Obs.: cobri a caixinha de fósforo com tecido para poder reutilizá-la depois, podendo colar e descolar as fitas sem rasgar a caixa, mas não é essencialmente necessário).



Fazendo a lente pinhole

Corte um pedaço de alumínio da lata: um quadrado em torno de 15 mm. Apoie o alumínio em um papelão ou cartão um pouco mais grosso e, usando uma agulha ou alfinete, pressione delicadamente o centro do quadrado de alumínio. Gire a agulha entre seus dedos enquanto faz isso. Não pressione muito forte com a agulha para não passá-la completamente. A ideia é fazer um furo bem pequeno e sem arestas.

O diâmetro ideal do pinhole é 0,2 mm. Quanto maior o furo menos nítidas serão as imagens produzidas pela câmera.

Pinte com a canetinha preta a parte de trás da sua “lente”. Novamente, para reduzir reflexos de luzes internas na câmera.

Coloque o alumínio em cima da caixa de fósforo, fazendo com que o furo esteja exatamente no centro do quadrado pequeno recortado da “capa” da caixa de fósforo.

Fixe o pedaço de alumínio na caixa usando a fita preta, vedando os quatro lados do quadrado.

Adicionando um disparador

É possível usar um pedaço de fita adesiva em cima da sua “lente”, que irá controlar a entrada da luz à medida que você descola e cola a fita. Mas, um disparador deslizante pode ser bem mais fácil de usar. Corte dois pedaços de cartão (pode ser a caixinha onde veio o filme), um quadrado de cerca de 32mm e um retângulo de 25mm x 40mm. No pedaço quadrado, corte um pequeno quadrado de cerca de 6 mm no centro.

Cole um pedaço de fita isolante preta na parte de trás do pedaço retangular para prevenir reflexos internos.

Coloque o pedaço quadrado em cima do buraco de agulha e passe a fita preta nas três extremidades, deixando a extremidade de cima livre por onde irá deslizar o disparador feito de cartão retângular.Cheque se o disparador pode ser empurrado para baixo o suficiente para cobrir completamente o furo.


Carregando a câmera

Primeiro, apare aquela parte ligeiramente menor do filme novo, cortando a borda o mais reto possível. Se o teco de filme da bobina vazia não estiver cortado bem reto, apare esse também. Puxe um pouco de filme da bobina cheia e passe pela caixa de fósforo. Certifique-se de que o lado da emulsão do filme (o lado não brilhante) esteja virado para o buraco de agulha.

Usando uma fita adesiva transparente, emende os fins dos dois filmes um no outro. Tente alinhar as bordas o máximo possível para que o filme passe mais facilmente da bobina cheia para dentro da bobina vazia. Para facilitar o giro, coloque o anel da lata de alumínio no eixo da bobina vazia.

Deslize a bandeja da caixa de fósforo para dentro da “capa”. Gire o eixo da bobina vazia de maneira que o filme que estava sobrando entre nele.

Certifique-se de que as bobinas de filme estejam bem próximas à caixa de fósforo até não ser possível ver o filme passando da bobina para dentro da caixa.

O filme está carregado! Agora é preciso apenas vedar as possíveis frestas da câmera.

À prova de luz

É muito importante que nenhuma luz entre na câmera senão pelo buraco da agulha. A fita isolante preta é muito eficaz nisso. Os lugares mais importantes para se vedar são entre as bobinas de filme e a caixa de fósforo. Use duas camadas e tenha certeza de que estão bem presas. Tome cuidado para colar em torno dos eixos das bobinas (e não em cima deles) para não impedir que o filme seja enrolado.

Se você usou uma caixa de fósforo de papelão, e até mesmo uma de madeira fina, é possível que vaze um pouco de luz pela parte de trás da caixa, principalmente em situação de muita luz. Isso pode dar à suas fotos um efeito vermelho manchado. Se você não quer isso, sele a parte de trás e as laterais da caixa de modo que não apareça mais nenhum pedaço dela.

Se o eixo da bobina estiver um pouco frouxo, isso pode atrapalhar na hora de girar o filme entre uma foto para outra. Para mantê-lo firme, insira um pedacinho de tecido ou papel fino, como papel higiênico, na base da bobina e cubra com a fita preta. Não deixe muito apertado senão isso pode dificultar rebobinar o filme.

É isso! Sua câmera pinhole está pronta para usar! Certifique-se de que o disparador esteja fechado. Para passar o filme após um “click” e outro, vire o eixo da bobina vazia em sentido anti-horário cerca de 6 voltas para os quadros de 24mm o lado ou 8 vezes para os de 36x24mm.

 

Na hora de “clicar” a foto, tente deixar a câmera o mais imóvel possível e lembre-se de que a velocidade do shutter é completamente manual: você controla o tempo que o filme receberá luz. Dependendo da condição de luz da cena, deixe o pinhole exposto de 2 à 5 segundos e depois feche. Pronto! Você acabou de tirar sua foto!



(fotos obtidas com a câmera pinhole deste artigo)

Gostou deste tutorial? Então, conte sua experiência com a câmera pinhole nos comentários do post! =D